SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS

Aqui é o templo sagrado, em que nos permitimos desfrutar o contemplar da Vida, do Amor, da Alegria, do Perdão, da Gratidão, da Felicidade Plena, da verdadeira Paz ... tudo de bom. Navegue à vontade, deleite-se e se entregue plenamente com todo seu Ser. Um cantinho de amor, realizado para todos nós.

QUEM SOU EU?

EU sou presença Divina da Paz. Eu sou o EU

EU sou presença Divina da Luz. Eu sou o EU

EU sou presença Divina do Amor. Eu sou o EU

EU sou presença de Deus em ação. Eu sou o EU

EU sou a porta aberta do meu coração, que, nada, nem ninguém pode fechar. Eu sou o EU.

sexta-feira, 31 de maio de 2013

PASSADO




"O Buda ensinou que não deveríamos perseguir o passado “porque o passado não existe mais”. Quando estamos perdidos em pensamentos sobre o passado, perdemos o presente.


A vida existe somente no momento presente. Perder o presente é perder a vida.

O que o Buda quis dizer é muito claro: nós devemos dizer adeus ao passado de forma que possamos retornar ao presente. Retornar ao presente é ficar em contato com a vida.

O presente contém o passado. Quando entendermos como nossas formações internas causam conflitos em nós, poderemos ver como o passado está no momento presente, e não mais seremos subjugados pelo passado.

Quando o Buda disse “Não persiga o passado” ele estava nos dizendo para não sermos subjugados pelo passado. Ele não quis dizer que deveríamos parar de olhar para o passado de forma a observá-lo em profundidade.

Quando revemos o passado e o observamos profundamente, se estivermos firmemente ancorados no presente, não seremos subjugados por ele. Os materiais do passado que constroem o presente se tornam claros quando se expressam no presente. Podemos aprender com eles.

Se observarmos estes materiais em profundidade, podemos chegar a um novo entendimento sobre eles. Isto é chamado de “olhar novamente para algo antigo de forma a aprender algo novo”.

Se soubermos que o passado também está localizado no presente, entenderemos que somos capazes de mudar o passado ao transformar o presente. Os fantasmas do passado que nos seguem no presente, também pertencem ao momento presente. Observá-los em profundidade, reconhecer sua natureza e transformá-los, é transformar o passado."



quinta-feira, 30 de maio de 2013

NOSSO CENTRO DE PAZ



Em cada um de nós existe um centro pacífico, eterno e silente, um espaço que é um não-lugar, mas mais uma dimensão, dimensão esta que sustenta todas as outras.

Essa Essência luminosa, independe de adequações, de explicações, independe de qualquer coisa, simplesmente é, e por ser, permite que todo o existir aconteça e flua...

Em cada um de nós bate um coração que em compasso com o coração do mundo, vibra e dança, canta, mas também chora, e sente medo, saudade, e se emociona, e pede perdão. Temos a imensa capacidade do encanto, de identificação, somos capazes de mergulhar nas mais diversas experiências, e nem nos damos conta do quanto aprendemos e do quanto estamos dispostos a ir mais e mais fundo em tudo aquilo que nos acontece.

Por vezes, perdemos de vista aquela serenidade constante, nossa base primordial, tamanha é nossa avidez por conhecer, vivenciar, aprender, experimentar. Nossos sentidos nos colocam em tamanhas dimensões, tão fascinantes, que somos totalmente aquela descoberta, e daí percorremos tantos caminhos, dispostos a desvendar os mistérios da vida, mais e mais..

Temos em nós essas dimensões todas, e muitas outras que ainda iremos descobrir. A partir da experiência no mundo, criamos nossas asas e alçamos voos ao desconhecido. Crescemos e abraçamos mais e mais tudo a volta, mesmo sem compreender, o amor nos desperta para esta amplitude infinita, e absolutamente deslumbrante do viver e descobrir...

Nossa Essência permanece aqui, pura, serena, pacífica, radiante. O sol não se põe jamais. Essa chama ilumina nossos sonhos, ilumina nossa realidade, ilumina o despertar e tudo o que acontece. A luz da consciência permite uma doce e constante auto-revelação.

Passo a passo vamos nos abrindo ao mais e mais profundo, ao mais e mais silente, ao mais e mais belo brilho pacífico do Ser pleno, amoroso, que sustenta o universo inteiro, colore de todas as nuances da realidade, e nessa eterna brincadeira, se descobre chama viva, pulsante, em cada ser, em cada átomo, em cada coração.

Beleza manifesta, nosso centro de Paz permanece. Sereno e doce, permite todos os encontros profundos, e todas as curas e transformações. Nossas raízes profundas... Aí nunca houve equívoco, nem nunca houve afastamento, nem diferenças, é pura unidade amorosa, acolhedora e simples. Quando permitimos que o centro pacífico cresça em nós, descobrimos a magia pura do se viver em plena luz, eterna luz.. no eterno dia, consciência viva que permanece...indefinidamente...

Raízes e Asas nutridas, revigoradas, nos levam a plenitude do silencio relaxado; O silêncio que dança... Um silêncio que contém em si todas as falas, faces e canções do mundo, e ainda assim permanece absolutamente intocável...



quarta-feira, 29 de maio de 2013

O PODER DO SILÊNCIO

Participe e Compartilhe  http://vivenciasoportal.blogspot.com.br/




''Sempre que houver silêncio à sua volta, ouça-o. Isso significa apenas percebê-lo. Ouvir o silêncio desperta a dimensão de calma que já existe dentro de você, porque é só através da calma que se pode perceber o silêncio. Nesses momentos você se liberta de milhares de anos de condicionamento humano colectivo.”

“Qualquer barulho perturbador pode ser tão útil quanto o silêncio. Basta abolir suas resistências interiores ao barulho, deixando-o ser como é. Essa aceitação também leva você ao reino da paz interior que é a calma.”

“A calma é o lugar onde a criatividade e as soluções dos problemas são encontradas.”

“A calma e o silêncio são a própria inteligência. A consciência básica da qual provêm todas as formas de vida. A forma de vida que você pensa que é, vem dessa consciência e é sustentada por ela”.

“Quando você olha num estado de calma para uma árvore ou uma pessoa, quem está olhando? É algo mais profundo do que você. A consciência está olhando para a sua própria criação. A Bíblia diz que Deus criou o mundo e viu que era bom. É isso que você vê quando olha num estado de calma, sem pensar em nada .”

Você precisa saber mais coisas do que já sabe? Você acha que o mundo será salvo se tiver mais informações, se os computadores se tornarem mais rápidos ou se forem feitas mais análises intelectuais e científicas? O que a humanidade precisa hoje é de mais sabedoria para viver. A sabedoria vem da capacidade de manter a calma e o silêncio interior. Veja e ouça apenas. Não é preciso mais nada, além disso. Manter a calma, olhando e ouvindo, activa a inteligência real que existe dentro de você. Deixe que a calma interior oriente suas palavras e ações.”

“A maioria das pessoas passa a vida toda aprisionada nos limites dos próprios pensamentos. Nunca vai além das ideias estreitas já fabricadas. Nunca vai além do”eu ” condicionado pelo passado.”

“Se você consegue reconhecer, mesmo esporadicamente, que os pensamentos que passam por sua cabeça são meros pensamentos; Se você consegue se dar conta dos padrões que se repetem em suas acções mentais e emocionais, é sinal de que a Consciência está emergindo. Ela é o espaço onde o conteúdo da sua vida se desborda.”

“Cada pensamento quer sugar sua completa atenção. Eis um novo exercício para praticar: Não leve seus pensamentos muito a sério”.

“Pensar fragmenta a realidade, cortando-a em pequenos pedaços que são os conceitos. A mente pensante é útil e poderosa, mas torna-se muito limitador quando invade completamente sua vida, impedindo você de perceber que a mente é apenas um pequeno aspecto da Consciência que você é realmente.”


Fonte: O Poder do Silêncio por Eckhart Tolle           http://iscador.blogspot.com.br/2012/11/o-silencio-como-evolucao.html                               

terça-feira, 28 de maio de 2013

ABENÇOADAS SEJAM AS SURPRESAS




"Abençoadas sejam as surpresas risonhas do caminho. As belezas que se mostram sem fazer suspense. As afeições compartilhadas sem esforço. As vezes em que a vida nos tira pra dançar sem nos dar tempo de recusar o convite. As maravilhas todas da natureza, sempre surpreendentes, à espera da nossa entrega apreciativa. A compreensão que floresce, clara e mansa, quando os olhos que veem são da bondade. Abençoados sejam os presentes fáceis de serem abertos. Os encantos que desnudam o erotismo da alma. Os momentos felizes que passam longe das catracas da expectativa. Os improvisos bons que desmancham o penteado arrumadinho dos roteiros da gente. Os diálogos que acontecem no idioma pátrio do coração. Abençoada seja a leveza, meu Deus. Abençoadas sejam as dádivas generosas que vêm nos lembrar que viver pode ser mais fácil. Que amar e ser amado pode ser mais fluido. Que dá pra girar o dial. Que dá pra sair da frequência da escassez e sintonizar a estação da disponibilidade, onde alegrias já cantam, mas a gente não ouve. Abençoadas sejam as dádivas que vêm nos lembrar, com alívio, que há lugares de descanso para os nossos cansaços. Que há lugares de afrouxamento para os nossos apertos. Que dá pra mudar o foco. Que não é tão complicado assim saborear a graça possível que mora em cada instante. Abençoadas sejam as dádivas generosas que nos surpreendem. Elas não sabem o quanto às vezes, tantas vezes, nos salvam de nós mesmos.”

segunda-feira, 27 de maio de 2013

RIQUEZAS VERDADEIRAS



Quem não está convencido de que é desejável ser bom, honesto, desinteressado, paciente, indulgente?

Todos elogiam aqueles que praticam essas virtudes, mas quantas vezes eles próprios não são bons, nem honestos, nem desinteressados, nem pacientes, nem indulgentes! E isso não os perturba muito, não lhes ocorre que a verdadeira compreensão nunca deve estar separada da realização.

A razão de ser dos exercícios espirituais é a de fazermos vibrar todo o nosso Ser, até as células das nossas mãos e dos nossos pés, em sintonia com as verdades espirituais que aceitamos intelectualmente. Devemos fazer descer ao plano físico cada verdade com que contatamos, para impregnarmos com ela todo o nosso Ser. 

A verdadeira compreensão não se faz só com as células do cérebro; ela faz-se também com as células do coração, do estômago, dos pulmões, do fígado e de todos os nossos órgãos.
Sim, para que a nossa compreensão seja completa, todas as células do nosso corpo devem participar. Se as células dos outros órgãos não fazem corretamente o seu trabalho, pouco a pouco as capacidades do cérebro são igualmente diminuídas.

domingo, 26 de maio de 2013

ISSO TAMBÉM PASSA



"Chico Xavier costumava ter em cima de sua cama uma placa escrita: "ISSO TAMBÉM PASSA". Aí perguntaram para ele o porquê disso. E ele disse que era para se lembrar que quando estivesse passando por momentos difícieis, poder se lembrar de que eles iriam embora. Que iriam passar. E que ele teria que passar por aquilo por algum motivo. Mas essa placa também era para lembrá-lo que quando estivesse muito feliz, não deixar tudo para trás e se deixar levar, porque esses momentos também iriam passar e momentos difíceis também viriam de novo. E é exatamente disso que a vida é feita: "MOMENTOS". Momentos os quais temos que passar, sendo bons ou não, para o nosso próprio aprendizado. Por algum motivo nunca esquecendo do mais importante: NADA É POR ACASO. Absolutamente nada. Por isso temos que nos preocupar em fazer a nossa parte, da melhor forma possível. A vida nem sempre segue o nosso querer, mas ela é perfeita naquilo que tem que ser" 

sábado, 25 de maio de 2013

REFLEXÃO

Participe e Compartilhe http://vivenciasoportal.blogspot.com.br/



  ''Havia um mosteiro com muitos monges e dificuldades de relacionamentos por diversos motivos. Todos ansiavam por um Messias. Mas no dia a dia, com questões práticas foi-se gerando dificuldades de convivência e desavenças entre eles. O ambiente ficou muito pesado, com críticas, uns olhando os defeitos dos outros. O superior do mosteiro não sabia mais o que fazer. Até um monge peregrino de outra Ordem Religiosa passou e ficou alguns dias ali. Pedindo auxílio ao visitante, o superior recebeu a resposta de que ele tentaria ajudar. Este peregrino começou a falar com cada um em separado. E após alguns dias o ambiente foi se harmonizando, e a antiga felicidade e inspiração espiritual que tinham no passado, foi estabelecida novamente.  Muito feliz, o superior indagou ao visitante como ele havia conseguido tal intento.  Ele disse ter conversado  com os monges, contando que trazia uma mensagem de Deus, dizendo que o Messias era um dos monges deste mosteiro. Com isto, cada monge começou a olhar diferente para os demais; com benevolência, olhando as virtudes, sempre pensando que algum destes outros, era o Messias. Assim, cada um vendo as virtudes de todos, não criticando, não julgando, a paz foi restabelecida''.

''Olhemos uns aos outros com os olhos do coração''

Fonte: recebido por e-mail de Sudama gma-gt@yahoogrupos.com.br

quinta-feira, 23 de maio de 2013

ESPELHOS

       Participe e Compartilhe http://vivenciasoportal.blogspot.com.br/



Imagine que você está em uma sala de espelhos.

Em todas as direções há um número infinito de "vocês".

Agora imagine que cada reflexo tem seus próprios pensamentos, sentimentos e conjunto de experiências que o encaminhou até onde VOCÊ está neste exato momento.

Com esse potencial ilimitado, por que se incluir em apenas uma realidade?

Tudo está disponível para você... apenas peça.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

CICLOS DA VIDA




"Existem ciclos de sucesso, como quando as coisas acontecem e dão certo, e ciclos de fracasso, quando elas não vão bem e se desintegram. Você tem de permitir que elas terminem, dando espaço para que coisas novas aconteçam ou se transformem.

Se nos apegamos às situações e oferecemos uma resistência nesse estágio, significa que estamos nos recusando a acompanhar o fluxo da vida e que vamos sofrer. É necessário que as coisas acabem, para que coisas novas aconteçam. Um ciclo não pode existir sem o outro. O ciclo descendente é absolutamente essencial para uma realização espiritual. Você tem de ter falhado gravemente de algum modo, ou passado por alguma perda profunda, ou por algum sofrimento, para ser conduzido à dimensão espiritual. Ou talvez o seu sucesso tenha se tornado vazio e sem sentido e se transformado em fracasso. O fracasso está sempre embutido no sucesso, assim como o sucesso está sempre encoberto pelo fracasso. 

No mundo da forma, todas as pessoas "fracassam" mais cedo ou mais tarde, e toda conquista acaba em derrota. Todas as formas são impermanentes. Você pode ser ativo e apreciar a criação de novas formas e circunstâncias, mas não se sentirá identificado com elas. Você não precisa delas para obter um sentido do eu interior. Elas não são a sua vida, pertencem a sua situação de vida.

Um ciclo pode durar de algumas horas a alguns anos e dentro dele pode haver ciclos longos ou curtos. Muitas doenças são provocadas pela luta contra os ciclos de baixa energia, que são fundamentais para uma renovação. Enquanto estivermos identificados com a mente, não poderemos evitar a compulsão de fazer coisas e a tendência para extrair o nosso valor pessoal de fatores externos, tais como as conquistas que alcançamos. Isso torna difícil ou impossível para nós aceitarmos os ciclos de baixa e permitirmos que eles aconteçam. Assim, a inteligência do organismo pode assumir o controle, como uma medida autoprotetora, e criar uma doença com o objetivo de nos forçar a parar, de modo a permitir que uma necessária renovação possa acontecer.

Enquanto a mente julgar uma circunstancia "boa", seja um relacionamento, uma propriedade, um papel social, um lugar ou o nosso corpo físico, ela se apegará e se identificará com ela. Isso faz você se sentir bem em relação a si mesmo e pode se tornar parte de quem você é ou pensa que é.

Mas nada dura nessa dimensão, onde as traças e a ferrugem devoram tudo. Tudo acaba ou se transforma: a mesma condição que fez você feliz agora faz você infeliz. A prosperidade de hoje se torna o consumismo vazio de amanhã. O casamento feliz e a lua-de-mel se transformam no divórcio infeliz ou em uma convivência infeliz. A mente não consegue aceitar quando uma situação à qual ela tenha se apegado, muda ou desaparece. Ela vai resistir à mudança. É quase como se um membro estivesse sendo arrancado do seu corpo. Isso significa que a felicidade e a infelicidade são, na verdade, uma coisa só. Somente a ilusão do tempo as separa.

Não oferecer resistência à vida é estar em estado de graça, de descanso e de luz. Nesse estado, nada depende de as coisas serem boas ou ruins.

É quase paradoxal, mas, como já não existe mais uma dependência interior quanto à forma, as circunstância gerais de sua vida, as formas externas, tendem a melhorar consideravelmente. As coisas, as pessoas ou as circunstancias que você desejava para a sua felicidade vêm agora até você sem qualquer esforço, e você está livre para apreciá-las enquanto durarem. Todas essas coisas naturalmente vão acabar, os ciclos virão e irão, mas com o desaparecimento da dependência não há mais medo de perdas.  A vida flui com facilidade. A felicidade que provém de alguma coisa secundária nunca é muito profunda. É apenas um pálido reflexo da alegria do Ser, da paz vibrante que encontramos dentro de nós ao entrarmos no estado de não-resistência. O Ser nos transporta para além das polaridades opostas da mente e nos liberta da dependência da forma. Mesmo que tudo em volta desabe e fique em pedaços, você ainda sentirá uma profunda paz interior. Você pode não estar feliz, mas vai estar em paz."

Fonte: por Eckhart Tolle em Praticando o Poder do Agora   http://ventosdepaz.blogspot.pt/

terça-feira, 21 de maio de 2013

SANTA COUVE




O que é que a couve tem?


Ingrediente indispensável da brasileiríssima feijoada e do caldo verde, que herdamos de Portugal, a couve, além de ser barata e fácil de encontrar em todo o país, oferece vários benefícios. Surpresa? Nós também ficamos. A questão é quanto mais os especialistas estudam essa verdura, mais surgem vantagens. Chega a parecer uma bula de remédio: a couve é antiinflamatória e cicatrizante. E, superimportante, ajuda a fixar o cálcio nos ossos.


De onde vêm esses poderes? Dos glicosinolatos, fitoquímicos naturais que, por terem ação desintoxicante, estimulam o organismo a se livrar até mesmo das substâncias cancerígenas, além de fortalecer o sistema imunológico. A partir daí, tudo funciona melhor. Quando você coloca a verdura no prato, também se serve de uma variedade incrível de vitaminas e minerais que, combinados aos fitoquímicos, favorece a absorção dos outros nutrientes da refeição, especialmente do cálcio. Nesse aspecto, a nutricionista Denise Madi Carreiro, de São Paulo, chega a comparar a folha ao leite materno.

Denise, que é conselheira do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional, afirma que a couve é um alimento até mais adequado para os ossos que o leite de vaca. “Além de ter cálcio e magnésio, ela carrega esses dois minerais na proporção adequada”, explica a nutricionista. O que isso significa? O cálcio precisa do magnésio na medida certa para conseguir exercer suas funções, entre elas, formar a massa óssea.

O leite de vaca tem nove vezes menos magnésio e três vezes mais cálcio do que a proporção necessária. Segundo Denise, isso faz com que o cálcio do leite tenha dificuldade de se fixar no nosso esqueleto. “Pior, ele rouba o magnésio existente no organismo. E, como a maior parte desse mineral fica concentrada dentro do osso, consumir mais cálcio do que magnésio aumenta o risco de perda de massa óssea. Daí para a osteoporose é um pulo”, diz a especialista.

O magnésio ainda é parceiro do cálcio em várias outras tarefas: ajudar o corpo a se livrar do acúmulo de gordura, manter a pressão arterial sob controle, regular a ação de hormônios e controlar os movimentos dos músculos (o cálcio contrai a musculatura e o magnésio relaxa). Além disso, o magnésio é fundamental para a formação e funcionamento de todos os neurotransmissores, sem exceção. É por isso que sem ele você se sente desanimada e até mal-humorada.

Na couve, o magnésio faz parte da clorofila – substância que dá a cor verde à folha e com potencial de renovar as células do nosso organismo. Quer dizer que a verdura tem mais essa vantagem: rejuvenesce. Depois de descobrir todos os poderes dela, a gente fica até com vontade de fazer uma “plantação” em casa. Mas como quase ninguém tem espaço nem tempo para isso, BOA FORMA foi atrás de sugestões práticas de consumo para você. Aproveite para colocar a couve mais vezes no seu cardápio. Você vai perceber a diferença na pele, no pique e na balança!

• combate a celulite

• ajuda a eliminar a gordura

• regula os hormônios

• melhora o humor

• desintoxica

  


segunda-feira, 20 de maio de 2013

APRENDA A LIÇÃO COM OS DESPERTADORES




As dificuldades trazem alertas.
A única maneira de aproveitar para crescer, é analisar os avisos que os problemas nos mandam.
Problemas, doenças e inimigos são grandes mestres quando sabemos escutar suas orientações. Muitas pessoas, quando estão diante de dificuldades, mergulham em depressão e se sentem eternas vítimas. Sentem-se injustiçadas por tudo e por todos. Ficam revoltadas por estar passando por dificuldades e perdem a oportunidade de aprender com esse desafio e crescer. A única maneira de aproveitar uma dificuldade para crescer é analisar os avisos que esses problemas estão nos enviando e usá-los para fazer uma reformulação completa em nossa vida.
Se você está vivendo um problema, não olhe para fora de si mesmo procurando a causa. Não tente se iludir de que o outro é a fonte dos seus problemas. Perceba que esse problema está procurando lhe dar uma lição. Aproveite esse aviso para crescer! Um problema sempre guarda uma lição, e aprender essa lição compensa todos os sofrimentos que as dificuldades podem nos trazer! Crescer com essa lição é a única forma de tirar partido do sofrimento que um problema nos causou.
Quando aprendemos uma lição, todo o sofrimento serviu para algo maior. Quem não aprende a lição dessa dificuldade, porém, perde a maior riqueza que um problema nos traz, que é a oportunidade de crescer. Quando não crescemos, os problemas só nos criam mais amargura no coração.
Mas existe algo ainda pior: quando não cuidamos das causas, os mesmos problemas sempre voltam. De outra forma, provavelmente, mas provocando a mesma angústia que enfrentamos anteriormente. Quando a pessoa consciente repete uma situação do passado, percebe que vai fazer a mesma viagem, mas em um ônibus diferente. Trocou de marido, mas é simplesmente mais um alcoólatra na sua vida. O problema é como um professor muito crítico, que cobra o melhor desempenho do seu aluno. A diferença é que, se você não aprender a lição com o primeiro professor, logo virá um substituto mais bravo e agressivo. Essa talvez seja uma das grandes lições da vida: quando não enfrentamos um problema nem o resolvemos direito, certamente iremos reencontrá-lo muito maior mais adiante.
Na Índia os mestres sempre dizem: os problemas são despertadores que tentam acordar as pessoas para a vida. Aproveite para acordar logo, antes que o próximo despertador faça mais barulho. Pense nisso: o que essa dificuldade está querendo mostrar a você?
Problemas são avisos que a vida nos envia para corrigir algo que não estamos fazendo bem. Problemas e doenças são sinais de emergência para que possamos transformar nossas vidas. Aliás, problemas e doenças guardam muita semelhança entre si. Infelizmente, a maioria das pessoas, quando fica doente, cai num lamentável estado de prostração ou simplesmente toma remédio para tratar os sintomas em vez de fazer uma pausa para refletir sobre os avisos que essa doença está enviando. São poucos os que se perguntam: "Por que meu organismo ficou enfraquecido e permitiu que a doença o atacasse?"
As doenças são recados que precisamos levar a sério, principalmente as doenças que se repetem. Dores de cabeça, alergias de pele, má digestão, todos esses distúrbios querem nos mostrar algo. Saber procurar e achar as causas deles é uma atitude muito sábia.
Nossos inimigos, da mesma forma que os problemas e as doenças, são gritos de alerta para cuidarmos de algo que não está certo em nossa vida. Quando os ouvimos com atenção, nossos inimigos podem se transformar em maravilhosas alavancas de crescimento pessoal. Analise suas críticas, procure meios de melhorar os pontos fracos apontados por ele, desenvolva seus pontos fortes, prepare-se para enfrentá-lo com alegria e, em lugar de ter ódio, seja grato a ele por lhe dar sugestões para melhorar a sua vida.
Assim como as doenças e os inimigos, os problemas nos enviam avisos que precisamos aprender a decodificar.
Se você tem um problema que está se repetindo em sua vida, é chegada a hora de fazer uma análise do seu significado para poder superá-lo. E tenha muito claro que, no momento em que supera um problema que o acompanha por algum tempo, uma nova pessoa nasce dentro de você.

Fonte: por  Roberto Shinyashiki    http://con50.blogspot.com.br/2008_02_01_archive.html

domingo, 19 de maio de 2013

SER TRANSPARENTE

Acesse, participe e compartilhe http://vivenciasoportal.blogspot.com.br/



Às vezes, fico me perguntando porque é tão difícil ser transparente...

Costumamos acreditar que ser transparente é simplesmente ser sincero, não enganar os outros.  Mas ser transparente é muito mais do que isso.  É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que sente...  

Ser transparente é desnudar a alma, é deixar cair as máscaras, baixar as armas, destruir muros...  Ser transparente é permitir que a doçura aflore, transborde... 

Mas, infelizmente, a maioria decide não correr esse risco. Preferimos a dureza da razão à leveza reveladora da fragilidade humana. Preferimos o nó na garganta, às lágrimas que brotam da alma... Preferimos nos perder numa busca por respostas, a simplesmente admitir que não sabemos nada e que temos medo! 

Por mais doloroso que seja ter de construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos, preferimos assim: manter uma imagem que nos dê a sensação de proteção. 
E assim, vamos nos afundando em falsas palavras, atitudes, em falsos sentimentos... 


Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro nos faz perceber que já não sabemos dar e nem pedir o que de mais precioso temos a compartilhar... A doçura, a compreensão de que todos nós sofremos, nos sentimos sós...  Uma saudade desesperada de nós mesmos, daquilo que pulsa e grita dentro de nós, mas que não temos coragem de mostrar...  Porque aprendemos que isso é ser fraco, é ser bobo, é ser menos do que o outro! Quando, na verdade, agir com o coração, poupa a dor... 

Sugiro que deixemos explodir toda a doçura! Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis... 

Chega de tentar controlar tanto....  Responder tanto... Competir tanto... 

Tente simplesmente viver, sentir e amar.

Fonte: por Rosana Braga   http://pensador.uol.com.br/frase/MjM1NTI3/

sábado, 18 de maio de 2013

AME-SE INFINITAMENTE, PROFUNDAMENTE ... VOCÊ É MERECEDOR

Acesse, participe e compartilhe http://vivenciasoportal.blogspot.com.br/



No fundo do centro do meu ser existe uma infinita fonte de amor. Agora eu permito que este amor flua para a superfície.
Ele enche o meu coração, o meu corpo, a minha mente a minha consciência, e o meu ser se irradia de mim para todas as direções e volta para mim multiplicado. Quanto mais amor eu dou mais amor tenho para dar; ele nunca acaba. Dar amor faz-me sentir bem; é uma expressão de felicidade interior.
Eu me amo e por isso amo e cuido do meu corpo. Carinhosamente o alimento fornecendo-lhe comida e bebida, vestindo-o e o meu corpo me responde amorosamente com vibrante saúde e energia.
Eu me amo, e por isso providencio para mim uma casa confortável, que satisfaz todas as minhas necessidades e onde é um prazer estar. Eu encho os quartos com vibrações de amor para que todos que entrem, eu inclusive sintam este amor e sejam nutrido por ele. Eu me amo e por isso realizo um trabalho que realmente gosto de fazer, onde uso o meu talento e habilidades criativas trabalhando com e para pessoas que amo, e que amam, e ganhando um bom salário. Eu me amo e por isso me comporto e penso de um jeito amoroso para com todas as pessoas porque sei que tudo o que dou volta para mim multiplicado. Somente atraio pessoas amorosas para o meu mundo, porque elas são os reflexos do que sou. Eu me amo e por isso perdoo e liberto totalmente o passado e todas as experiências passadas; e sou livre. Eu me amo e por isso vivo totalmente no presente, experimentando cada momento como bom e sabendo que o meu futuro é brilhante feliz e seguro, porque sou uma pessoa amada do Universo e o Universo me cuida com amor e para sempre.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

A VIDA, AS FLORES E AS ''PEDRINHAS''

Acesse, participe e compartilhe http://vivenciasoportal.blogspot.com.br/


Tenha certeza: não haverá apenas uma barreira na sua vida. Não queira viver a ilusão de que os problemas terminaram. Tudo nessa vida é “experienciação“, ou seja, não dá para aprender nada com teorias.

O verdadeiro aprendizado se dá vivendo, sentindo, absorvendo.''
É na enxada que o calo mostra o trabalho que dá plantar.'' 
Por isso, nada de ficar ai sonhando com as facilidades do mundo. Nem fique acreditando que esse ou aquele caminho será só de flores. Prepare-se para muitas pedrinhas. 

Essa certeza de que a vida é feita de lutas, forja pessoas fortes. 
Não é para desanimar e parar de lutar. Muito pelo contrário. Essa é a sua melhor maneira de preparar-se para vitórias.
É não parar diante das dificuldades. É não aceitar as provocações. o descrédito dos outros. É não ficar com aquela infeliz certeza de que não é capaz. Você é capaz de tudo quando determina que vai lutar. Não existe pedra que uma boa dinamite não mande para os ares.

Com a certeza de que a vida não é feita só de alegrias, resta-nos a possibilidade de espalhar boas sementes pelo caminho. Por que na ida, podemos sofrer com espinhos, mas na volta, teremos a bela companhia das flores que nós plantamos.

Acredite em você. As sementes estão ai, na sua mão.


Fonte:  por 

quinta-feira, 16 de maio de 2013

O QUE É KARMA YOGA



O que é karma-yoga? É o conhecimento do segredo da ação. Vemos que todo o universo está trabalhando. Para quê? Para a salvação, para a liberdade. Desde o átomo ao mais elevado ser, todos estão trabalhando para um único fim: alcançar a liberdade da mente, do corpo e do espírito. Todas as coisas estão buscando continuamente a liberdade e procurando se distanciar da escravidão. O sol, a luz, a terra, os planetas, todos estão tentando se libertar de suas limitações. As forças centrífugas e centrípetas da natureza estão presentes em todo o nosso universo. Podemos evitar muitas dificuldades em nossa busca pelo conhecimento das coisas, aprendendo com karma-yoga o segredo da ação, o método de trabalhar e o poder de organização do trabalho.

Uma grande quantidade de energia pode ser desperdiçada, se não soubermos como utilizá-la adequadamente. Karma-yoga faz do trabalho uma ciência, e com seu auxílio aprendemos como utilizar melhor as atividades deste mundo. A ação é inevitável, e assim deve ser. Mas devemos trabalhar objetivando sempre o mais elevado propósito.”.


FONTE: por  Swami Vivekananda (Vivekananda – The Yogas and Other Works recebido por e-mail de 

quarta-feira, 15 de maio de 2013

PLANTE BOAS SEMENTES




Quando você planta uma semente na terra ela pode se parecer com qualquer outra semente, marrom e seca, sem nenhum sinal aparente de energia vital. No entanto, você a coloca na terra com confiança, e no momento certo ela começa a crescer. Ela sabe exatamente no que ela vai se transformar.

Você só sabe o que plantou porque estava escrito na embalagem, mas você acredita que determinada planta vai nascer daquela semente, e é o que acontece.

Quando você planta as ideias e pensamentos certos em sua mente, você deve fazê-lo com absoluta confiança, acreditando que somente o que é perfeito vai nascer delas.

À medida que sua confiança se torna mais forte e inabalável, essas ideias e pensamentos construtivos começam a crescer e se desenvolver. Assim, você alcança o sucesso em tudo.

É o poder interior presente em cada um de nós que faz o trabalho. SOU EU dentro de você.


Fonte: Abrindo Portas Interiores Eileen Caddy Fundação Findhorn Escócia            http://sandralage.blogspot.com.br/2012/02/plante-boas-sementes.html

terça-feira, 14 de maio de 2013

LUZES EM VOCÊ

Acesse, participe e compartilhe http://vivenciasoportal.blogspot.com.br/




Quando tudo parece perdido,
quando nos sentimos acuados e sem rumo,
quando a vontade é de não levantar,
quando o querer é só o de ficar onde está,
quando a fé virou palavra vazia,
e a oração, um recitar de versos,
é hora de acender luzes em você,
no quarto escuro da sua vida.
E depende de você, apenas de você,
fazer um clique no interruptor da alma.

É hora de descobrir valores que existem em você,
que estão apagados diante de tantos problemas,
que precisam vir a tona para você vencer;
mas, antes de qualquer atitude,
é preciso reconstruir sonhos,
é preciso reacender desejos de conquistas,
não das conquistas vazias dos bens materiais,
que um dia se perdem em meio a traças,
ferrugens e do próprio tempo,
digo para você conquistar pessoas,
cativar alguém com esse seu poder de entender,
de saber onde não pisar, onde não errar,
de pegar na mão e conduzir quando preciso,
de ajudar com um pão, ainda que tenha que dividir o seu,
de simplesmente ouvir, quando tantos só querem gritar.

Vai!
O mundo precisa desesperadamente de você.
Não nos falte!
Acenda as luzes da sua vida, reaja,
ilumine o seu caminho com sonhos coloridos,
pode parecer pouco, mas muita gente vai ter,
um caminho mais seguro, iluminado pela estrela
que habita em você.
Reaja!

Eu acredito em você

Fonte: por Paulo Roberto Gaefke   http://www.meuanjo.com.br/luzes-em-voce/

segunda-feira, 13 de maio de 2013

CHEGA DE AUTO PIEDADE



Nossos olhos são seletivos, nós "focalizamos" o que queremos ver, e deixamos de ver o restante. Escolha focalizar o lado melhor, mais bonito, mais vibrante das coisas, assim como um girassol escolhe sempre estar virado para o sol!

Você já reparou como é fácil ficar desanimado? "Estou desanimado porque está chovendo, porque tenho uma conta para pagar, porque não tenho exatamente o dinheiro ou aparência que eu gostaria de ter, porque ainda não fui valorizado, porque ainda não encontrei o amor da minha vida, porque a pessoa que quero não me quer,  porque... porque..."
É claro que tem hora que a gente não está bem. Mas a nossa atitude deveria ser a de uma antena que tenta, ao máximo possível, pegar o lado bom da vida. Na natureza,  temos uma antena que é o girassol. O girassol se volta para onde o sol estiver, mesmo que o sol esteja escondido atrás de uma nuvem. Nós devemos ser assim, aprender a realçar o que de bom recebemos.

Aprender a ampliar pequenos gestos positivos e transformá-los em grandes acontecimentos. Precisamos treinar para sermos girassol, que busca o sol, a vitalidade, a força, a beleza.
Por que só nos preparamos para as viagens, e não para a vida que é uma viagem? Apreciar o amor profundo que alguém em um determinado momento dirige a você. Apreciar um sorriso luminoso de alegria de alguém que você gosta. Apreciar uma palavra amiga, que vem soar reconfortante, reanimadora. Apreciar a festividade, a alegria, a risada.
E quando estivéssemos voltando a ficar mal humorados, tristonhos, desanimados, revoltados, que pudéssemos nos lembrar de novo de sermos girassóis.
Selecione o melhor deste mundo, valorize tudo o que de bonito e bom que haja nele e retenha isto dentro de você. É este o segredo de quem consegue manter um alto grau de vitalidade interna.
Fonte: Autor desconhecido             http://www.catequisar.com.br/texto/colunas/claudio/10.htm